Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

29 de agosto de 2018

Michel Teló em esperanto e interlíngua


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/eutepego


Em meados de 2012, eu estava ainda começando meu canal Eslavo (YouTube) e sequer tinha uma internet decente em casa. Porém, tendo acabado de terminar minha graduação em História, me preparando pro mestrado e incrementando meus conhecimentos linguísticos, já tinha algumas ideias de vídeos zoeiros pra criar, quando os “virais” e canais como o SAM sequer eram cogitados. Pior: quando ninguém sonhava que youtuber podia ser profissão e, no Brasil, o Facebook ainda estava começando a bombar!

Pra chegar até onde cheguei com meu site e meu canal, eu precisava ainda de muito estudo de russo, muita leitura, muita tradução, muito dicionário e muito material melhor e mais acessível do que havia à época. Por isso, meu poliglotismo e comunicações internacionais ainda se limitavam aos projetos de línguas auxiliares esperanto e interlíngua, ou ao menos eram predominantemente neles, e um pouco também em inglês e francês. Mas como vocês viram em outras postagens, vinham já de anos minhas traduções da música brasileira pro esperanto. A novidade é que agora eu acrescentava um razoável conhecimento da interlíngua, projeto mais “naturalista” e próximo do grupo românico, lançado em 1951 e que eu estudava sem compromisso desde 2009.

Qual hit internacional estava bombando lá em 2012? A canção Ai, se eu te pego, do cantor sertanejo Michel Teló, que ficou grudada por anos na cabeça dos brasileiros e de muito mais gente pelo planeta! Claro que foram feitas paródias em muitas línguas, a maioria seguindo muito mais o som do que o significado da letra. Mas... num sábado daquele ano, eu estava tão “artisticamente” aceso que minha cabeça começou a fazer sozinha uma tradução em esperanto e interlíngua, que eram os idiomas que eu mais dominava na época. Mas não me contentei com isso: fiz minha primeira experiência, que só repetiria anos depois (e que você também já conhecem), de gravar minha voz por cima de uma melodia de videokê, mas cantando a letra em outra língua! Esse vídeo, portanto, foi inaugural pra mim.

Ai, se eu te pego teve a versão de Teló lançada em 2011, a qual rodou o mundo em 2012, mas a história da canção, que não cabe retraçar aqui (leiam a Wikipédia em português), é bem mais complexa. Ela está registrada com a autoria de Antonio Dyggs e Sharon Acioly, datada de 2008, mas tem coautoria de algumas garotas paraibanas que, em 2006, criaram numa brincadeira as palavras que deram origem ao refrão. Antes de Teló, algumas bandas de forró já a tinham gravado, e era bem conhecida, portanto, no Nordeste.

Muita gente do círculo dos idiomas auxiliares planejados achou por acaso esse vídeo e saudou a iniciativa, e até compartilhei em alguns grupos do Facebook do qual eu participava. Mas sobrou um grande problema: em geral, os “adeptos” do esperanto ou da interlíngua costumam rivalizar entre si, então os mais fanáticos não gostaram nada da mistura dos dois textos... Nem liguei, porque não acho que ambos se excluam mutuamente, mas hoje penso que talvez teria mais compartilhamentos se tivesse feito um vídeo pra cada língua, o que obviamente me daria muito mais trabalho. Porém, o grande lance é que deixei o vídeo vegetando no canal, nem dei mais tanta bola, e vez ou outra era achado, mas foi passado por outras produções minhas.

Só que agora, como tenho um longo plano de trazer pra este site tudo do canal Eslavo que ainda não tem uma “base HTML”, decidi contar essa história que vocês leram e dar a forma escrita final pros textos em esperanto e interlíngua. Assim, vocês podem compartilhar muito mais fácil o material e ainda cantar junto! Até porque até hoje o vídeo nunca teve uma descrição no YouTube, e pretendo que esta postagem sirva a tal papel. Portanto, seguem a tosca montagem com as legendas nos dois idiomas, o texto em português e as traduções em esperanto e interlíngua. Pra fins didáticos, vou trazer também as traduções literais das novas versões, pra vocês verem que não são totalmente literais, mas se aproximam muito do original, ou até o completam:



____________________

Nossa, nossa,
Assim você me mata.
Ai, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.
Delícia, delícia,
Assim você me mata.
Ai, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.

Sábado na balada
A galera começou a dançar
E passou a menina mais linda.
Tomei coragem e comecei a falar:

Nossa, nossa,
Assim você me mata.
Ai, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.
Delícia, delícia,
Assim você me mata.
Ai, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.

____________________

Esperanto:

Ho Dio, ho Dio,
Vi tiel min mortigas.
Ha, mi vin kaptos,
Aj, aj, mi vin kaptos.
Delico, delico,
Vi tiel min mortigas.
Ha, mi vin kaptos,
Aj, aj, mi vin kaptos.

Semajnfin’, ĝoja festo,
Ni distriĝis per drinko,
Kis’ kaj danc’.
Kiam pasis knabin’
La plej bela,
Al ŝi mi diris,
En ĝusta horo de ŝanc’:

Ho Dio, ho Dio,
Vi tiel min mortigas.
Ha, mi vin kaptos,
Aj, aj, mi vin kaptos.
Delico, delico,
Vi tiel min mortigas.
Ha, mi vin kaptos,
Aj, aj, mi vin kaptos.

Tradução literal:

Ó Deus, ó Deus,
Assim você me mata.
Ah, vou te pegar,
Ai, ai, vou te pegar.
Delícia, delícia,
Assim você me mata.
Ah, vou te pegar,
Ai, ai, vou te pegar.

Fim de semana, festa alegre,
Nos distraíamos com bebida,
Beijo e dança.
Ao passar a menina
Mais linda,
Eu disse a ela,
Na hora certa de sorte:

Ó Deus, ó Deus,
Assim você me mata.
Ah, vou te pegar,
Ai, ai, vou te pegar.
Delícia, delícia,
Assim você me mata.
Ah, vou te pegar,
Ai, ai, vou te pegar.

____________________

Interlíngua:

O Deo, o Deo,
Assi tu me occide.
Ah, si io te prende,
Ai, ai, si io te prende.
Delicia, delicia,
Assi tu me occide.
Ah, si io te prende,
Ai, ai, si io te prende.

Sabbato in le festa
Nos allegre
Comenciava a dansar
E passava le plus
Belle pupa.
Incoragiate,
Io comenciava a parlar:

O Deo, o Deo,
Assi tu me occide.
Ah, si io te prende,
Ai, ai, si io te prende.
Delicia, delicia,
Assi tu me occide.
Ah, si io te prende,
Ai, ai, si io te prende.

Tradução literal:

Ó Deus, ó Deus,
Assim você me mata.
Ah, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.
Delícia, delícia,
Assim você me mata.
Ah, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.

Sábado na festa
Nós começamos
A dançar alegres
E passou a menina
Mais linda.
Encorajado,
Eu comecei a falar:

Ó Deus, ó Deus,
Assim você me mata.
Ah, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.
Delícia, delícia,
Assim você me mata.
Ah, se eu te pego,
Ai, ai, se eu te pego.