Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 de agosto de 2018

“Світи, місяченько” (Brilhe, luazinha)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/luazinha


Esta foi a segunda vez que Tiago Rocha Gonçalves colaborou com meu canal Eslavo (YouTube) traduzindo uma linda canção folclórica ucraniana. Agora se chama “Світи, місяченько” (Svity, misiachenko), Brilhe, luazinha, e não tem autor conhecido. Em algumas versões, a protagonista é feminina, mas nesta é um rapaz que chora pelo amor de sua amada. A Lua, também conhecida nas línguas eslavas pela palavra equivalente a “mês”, tem um papel importante na mitologia e no folclore, como símbolo máximo da noite.

Quem canta no áudio é o conjunto folclórico ucraniano Pikkardiiska Tertsia, em faixa gravada no álbum Antologia. Tomo 2. Folk, de 2006. Nesse disco de 16 canções, predominam cantos populares cantados a cappella, ou seja, apenas o coro sem acompanhamento instrumental, como é o caso deste vídeo. O grupo Pikkardiiska Tertsia foi formado em 1992 na cidade de Lviv, famosa por sua resistência nacionalista, e desde então tem ganhado muitos prêmios na Ucrânia. Seu nome vem da expressão “terceira/cadência picarda” (em francês, tierce/cadence picarde), sequência melódica muito utilizada no tipo de música que eles interpretam. Contando hoje com seis membros, já fez shows em muitos países, sobretudo nos EUA, e sua música Plyve kacha foi conhecida no estrangeiro em 2014 durante o funeral de manifestantes do Euromaidan. No repertório do grupo, que tem site oficial, existem canções modernas, folclóricas, religiosas e até do século 15.

O Tiago legendou a montagem que já estava pronta neste vídeo. Ele mesmo traduziu direto do ucraniano e sugeriu que eu podia trocar as imagens, mas resolvi deixar assim mesmo. Também não fiz nenhuma correção na tradução, mas quem quiser dar uma sugestão ou opinião, pode escrever direto pro tradutor. Seguem abaixo a legendagem do Tiago, a letra em ucraniano e a tradução em português:


____________________


Світи, місяченько, світи на діброву,
Нехай я перейду, нехай я перейду
До дівчини на розмову.
Нехай я перейду, нехай я перейду
До дівчини на розмову.

Світи, місяченько, світи через річку,
Нехай я перейду, нехай я перейду
До милої на всю нічку.
Нехай я перейду, нехай я перейду
До милої на всю нічку.

Нехай я перейду, чобіт не замочу,
Най ніхто не знає, най ніхто не чує
До якої я ходжу.
Най ніхто не знає, най ніхто не чує
До якої я ходжу.

Світив місяченько та й зайшов за хмари,
А я бідний плачу, а я бідний тужу,
Що не маю собі пари.
А я бідний плачу, а я бідний тужу,
Що не маю собі пари.

Світи, місяченько, світи на діброву,
Нехай я перейду, нехай я перейду
До дівчини на розмову.
Нехай я перейду, нехай я перейду
До дівчини на розмову.

____________________


Brilhe, luazinha, brilhe no carvalho
E deixe que eu vá, e deixe que eu vá
Até a menina pra conversar.
E deixe que eu vá, e deixe que eu vá
Até a menina pra conversar.

Brilhe, luazinha, brilhe pelo rio
E deixe que eu fique, e deixe que eu fique
Com meu amor a noite inteira.
E deixe que eu fique, e deixe que eu fique
Com meu amor a noite inteira.

Deixe que eu vá, as botas não molho,
Ninguém sabe e ninguém escuta
Até onde eu vou.
Ninguém sabe e ninguém escuta
Até onde eu vou.

Brilhou luazinha, e se escondeu na nuvem,
E eu, pobre, choro, eu, pobre, remoo
Que não tenho companheira.
E eu, pobre, choro, eu, pobre, remoo
Que não tenho companheira.

Brilhe, luazinha, brilhe no carvalho
E deixe que eu vá, e deixe que eu vá
Até a menina pra conversar.
E deixe que eu vá, e deixe que eu vá
Até a menina pra conversar.