Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 de setembro de 2018

Воевать мы мастера: música da URSS


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/mestres


Há uns dias estavam reclamando que meu canal Eslavo (YouTube) “não estava eslavo”, por causa das legendagens em outras línguas. Então, “arrebentei a boca do balão” e mandei algo ao mesmo tempo em russo, comunista e da 2.ª Guerra Mundial. Mais um fã do canal também me pediu esta por meio do título em inglês, e descobri que se tratava de “Воевать мы мастера” (Voievat my masterá), que pode ser traduzido como Somos mestres em guerrear. É mais uma canção de propaganda nacional com letra de Vasili Lebedev-Kumach, o “trovador de Stalin”, desta vez com melodia de Tikhon Khrennikov, ao que tudo indica, datada de 1941.

No canal do vídeo sem legendas há muito mais material documental da época, e trata-se de um cinejornal musicado, e não de um longa-metragem, ilustrando o esforço antinazista. É interessante que, pra mobilizar a população, Stalin só podia usar o nacionalismo patriótico e a mitologia dos heróis militares russos, extensamente repetidos ao longo da canção. Como ele ia mover as massas, já combalidas com fome, violência, produção acelerada e outras guerras, recorrendo à retórica ultrapassada de “defender a revolução mundial” e “ajudar o proletariado de outros países”?

Aparentemente, mesmo entre os russos, essa canção não era popular, nem conhecida fora do material onde ela foi gravada: o chamado “Боевой киносборник № 6” (Coleção de Cinema de Guerra, episódio 6), um dos rolos de uma série de filmes feita pras forças armadas da URSS, certamente depois de junho de 1941, quando os alemães se lançaram à invasão ao país. Em outros uploads feitos na Rússia, há o mesmo trecho cantado, bem como a crônica inteira e a informação de que, sobre a voz do ator à frente, canta o artista Vladimir Zakharov. Choca a linguagem ofensiva com que são chamados os “cachorros” (псы) alemães, remetendo a outras guerras que os dois povos já tinham travado no passado. Destaque pra trechos do filme Aleksandr Nevski (também escrito “Alexander Nevsky”), um dos mais famosos do cinema histórico soviético.

Há um artigo muito interessante em russo, escrito por Ie. V. Baraban, chamado “A Mãe-Pátria no cinema soviético, 1941-1945”, do qual eu copiei a fala inicial dos atores, ausente da música. A apresentadora começa assim: “За наших матерей и сестёр, за наших отцов и братьев, за смерть, принесённую тобой в нашу страну, Красная Армия отплатит сторицей” (Por nossas mães e irmãs, por nossos pais e irmãos, pela morte que você trouxe ao nosso país, o Exército Vermelho responderá cem vezes pior). O ator continua: “Отплатим, товарищи. Русский народ никогда не оставался в долгу врага” (Responderemos, camaradas. O povo russo nunca ficou em dívida com o inimigo).

P.S. Reparem no soldado mais à esquerda dando um leve escorregão na escada aos 4 min 52 seg: foi uma pena que deixei essa escapar, na hora de montar a legendagem. Eu mesmo traduzi direto do russo e legendei, tendo copiado o texto desta página. Seguem abaixo minha legendagem, o original russo e a tradução em português:


____________________


1. Эй, герои! Разве не с кого
Брать нам в доблести пример?
Вспомним ратный подвиг Невского,
Боевой его манер.
Брал отвагой молодецкою
Он на озере Чудском,
И остались псы немецкие
Под холодным русским льдом!

Припев:
Воевать мы мастера,
И сегодня, как вчера,
По-геройски бьются русские бойцы.
И сегодня, как вчера,
Под могучее «ура»
Сыновья идут на битву, как отцы!
И сегодня, как вчера,
Под могучее «ура»
Сыновья идут на битву, как отцы!

2. Не задаром распеваются
Нами песни про Петра,
В каждом сердце отзывается
Та великая пора.
Все пути, что были пройдены,
Помнит храбрый наш народ.
Боевая слава Родины
Нас на подвиги зовёт.

(Припев)

3. Люди мы такого норова,
Что дерёмся до конца.
Мы – наследники Суворова,
Полководца и бойца.
Славы русской не забыли мы
И суворовских побед,
В сердце свято сохранили мы
Боевой его завет.

(Припев)

4. Честь, и храбрость, и достоинство
Русских воинов-отцов
Носит в сердце наше воинство
Краснозвёздных храбрецов.
И звезда красноармейская
Прежней славою горит.
Разгромим орду злодейскую,
Враг, как прежде, будет бит!

(Припев)

____________________


1. Ei, herói! Por acaso não temos
Ninguém para imitar em bravura?
Lembremos a façanha bélica de Nevski,
Suas maneiras lutadoras.
Ele atacou no lago Chud
Com intrépida valentia,
E os alemães cachorros ficaram
Sob o resfriante gelo russo!

Refrão:
Somos mestres em guerrear,
Tanto hoje quanto ontem,
Combatentes russos são heroicos.
Tanto hoje quanto ontem,
Sob um poderoso “hurra”
Os filhos vão lutar, como os pais!
Tanto hoje quanto ontem,
Sob um poderoso “hurra”
Os filhos vão lutar, como os pais!

2. Não é em vão que entoamos
Canções sobre Pedro, o Grande,
Em cada coração repercutem
Aqueles tempos grandiosos.
Nosso povo corajoso rememora
Todos os caminhos percorridos.
A glória lutadora da Pátria
Nos chama a realizar façanhas.

(Refrão)

3. Somos pessoas tão obstinadas
Que pelejamos até o final.
Somos herdeiros de Suvorov,
O comandante e soldado.
Não esquecemos a glória russa
Nem as vitórias de Suvorov,
Mantemos no peito com devoção
Seus preceitos para a guerra.

(Refrão)

4. A honra, a coragem e o valor
Dos pais russos que combateram
Está no peito de nosso corajoso
Exército com Estrela Vermelha.
E a estrela do Exército Vermelho
Brilha com as glórias passadas.
Destruamos a horda abominável,
Como antes, o inimigo perecerá!

(Refrão)