Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

24 de setembro de 2018

Amor, Komsomol, Primavera: URSS ’78


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/liubov-vesna


Outro pedido recente de um visitante do meu canal Eslavo (YouTube), eis mais um exemplo de canção patriótica composta pelo nosso já conhecido casal Nikolai Dobronravov (letra) e Aleksandra Pakhmutova (ritmo). Chama-se “Любовь, Комсомол и Весна” (Liubov, Komsomol i Vesna), Amor, Komsomol e Primavera, e foi lançada em 1978 como homenagem aos jovens soviéticos, sobretudos os filiados na União da Juventude Comunista (Komsomol) do partido único. Este áudio foi gravado pelo Grande Coral Infantil da URSS, sob a regência de Viktor Popov, e tem solo de Igor Manashirov, cantor conhecido na Rússia.

Já que a música não tem uma história especial nem específica, vou falar um pouco mais dos envolvidos. Como sabemos, esta é mais uma das obras que o casal fazia em massa, sobretudo na Era Brezhnev, visando instilar um fervor nacionalista em jovens cada vez mais alheios à ideologia comunista e à história do bolchevismo. Por isso mesmo, as letras eram bastante simplórias e o ritmo, bem agitado, flertando com estilos da música ocidental. Acho que após Vasili Lebedev-Kumach, que escreveu a letra da maioria das canções patrióticas sob Stalin, Dobronravov e Pakhmutova seriam os mais dignos de ser estudados como agentes da propaganda musical soviética. Mesmo havendo, de fato, muitos outros poetas e compositores valorosos e de renome.

O Grande Coral Infantil foi fundado em 1970, no seio do Comitê Estatal Russo de Rádio e Televisão, sendo diretor artístico e principal regente Viktor Sergeievich Popov, professor, pedagogo e condecorado Artista Popular da URSS em 1989. O coral fazia sucesso na antiga URSS e sobrevive até hoje, sob nova direção, inclusive com site próprio onde se acham fotos, vídeos, áudios e outras informações. Popov (1934-2008) começou a estudar canto coral aos 10 anos e depois continuou sua formação musical em conservatórios. Especializado em atividades com crianças, fundou o Grande Coral Infantil que atualmente leva seu nome, escreveu muitos manuais e livros didáticos e dirigiu outros coros infantis. A Academia de Coral Artístico, que ele fundou em 1991, leva hoje seu nome também.

Nikolai Nikolaievich Dobronravov (n. 1928) é um poeta, ator, professor e compositor nascido em Leningrado (hoje São Petersburgo). Estudou teatro e pedagogia nos anos 40 e 50, e suas letras se tornaram muito famosas na antiga URSS e no exterior comunista, sobretudo aquelas compostas junto com a esposa, Aleksandra Nikolaievna Pakhmutova. Mas ele também compôs com outras parcerias, e suas canções foram gravadas pelos maiores cantores e grupos soviéticos. Dobronravov, que hoje vive em Moscou, tem a obra marcada pelo clima tenso da “guerra fria” e pelas maiores conquistas esportivas e tecnológicas da URSS, e desde os anos 90 tem se deixado influenciar pela religião. Pakhmutova (n. 1929), com quem é casado desde 1956, nasceu em Stalingrado (hoje Volgogrado), fez mais de 400 melodias e também é ativista social. Musicista precoce, fez as primeira melodias aos 3 anos e a primeira peça de piano aos 5, mas só começou estudos formais aos 7. Após formação superior em conservatórios, passou por vários gêneros musicais, mas se especializou nas canções populares que lhe renderam a celebridade. Muito premiado, o casal não tem filhos.

Eu mesmo traduzi e legendei a canção, tendo copiado a letra do ótimo site de material soviético SovMusic.ru e baixado o vídeo sem legendas antes de cortar o quadro de parte dele. Minha tradução não está toda literal, mas ela conserva o sentido básico que se pretendeu passar. Seguem abaixo minha legendagem, o texto russo original e a tradução:


____________________


Звени, отваги колокол!
В дороге все, кто молоды.
Нам карта побед вручена.

2x:
Отчизне в дар останутся
Рабочей славы станции.
Запомните их имена:
Любовь, Комсомол и Весна.

Дорога, вдаль идущая, –
Наш первый шаг в грядущее.
И звёзд, и земли целина...

2x:
Мечты края безбрежные,
Твоя улыбка нежная...
В душе, что отвагой полна, –
Любовь, Комсомол и Весна.

Мы сами – ритмы Времени.
И нам с тобой доверены
И песни, и ночи без сна...

2x:
И снова вьюги кружатся,
И песня учит мужеству,
И с нами на все времена –
Любовь, Комсомол и Весна.

И с нами на все времена –
Любовь, Комсомол и Весна,
Любовь, Комсомол и Весна,
Любовь, Комсомол и Весна!

____________________


Ressoe, sino da bravura!
Todo jovem está a caminho.
Já temos o mapa das vitórias.

2x:
Os pontos da glória operária
Vão ser ofertados à Pátria.
Decorem os nomes deles:
Amor, Komsomol, Primavera.

O caminho indo ao longe
É nossa estreia no futuro,
Estrelas e terras intocadas...

2x:
Limites infindos do sonho,
Você sorrindo ternamente...
Na alma toda valente estão
Amor, Komsomol, Primavera.

Ritmamos o Tempo mesmo.
A mim e você foram confiadas
As canções, as noites insones...

2x:
E de novo ondulam nevascas,
As canções ensinam coragem
E sempre vão estar conosco
Amor, Komsomol, Primavera.

E sempre vão estar conosco
Amor, Komsomol, Primavera,
Amor, Komsomol, Primavera,
Amor, Komsomol, Primavera!