Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 de setembro de 2020

Húngara falante nativa de esperanto


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/esperanto-hu




O canal Wikitongues, do YouTube, costuma lançar vídeos com pessoas falando diversos idiomas, sobretudo se eles lhes são nativos. Outro dia, ele lançou o vídeo de uma húngara chamada Stela, que tem o esperanto como uma de suas línguas maternas. Isso ocorre porque embora seus pais sejam húngaros, eles também são esperantistas e a ensinaram a falar esperanto desde criança. Porém, é algo mais comum quando marido e mulher têm origens diferentes e o esperanto como língua comum, dando assim aos filhos a possibilidade de falar seus respectivos idiomas nacionais desde o berço. Stela prova não só que uma criança pode ter vários idiomas considerados “nativos” ou “maternos”, como também que é possível isso ocorrer igualmente com o esperanto, embora ele seja chamado língua “auxiliar” ou “artificial”.

Como o Wikitongues recebeu o vídeo “bruto” da Hungria e não tinha uma transcrição da fala (talvez porque os administradores não entendiam esperanto), o canal pediu pra que algum espectador lhes transcrevesse em esperanto e desse uma tradução. Eu comentei no vídeo a transcrição da fala (já que conheço o esperanto há 20 anos) e uma tradução em português, já que estava sem tempo de escrever um texto em inglês límpido. Seguem os dois referidos textos, lembrando que o Wikitongues ainda está à disposição pra quem quiser traduzir pro inglês ou sincronizar as legendas em esperanto:


ESPERANTO: Saluton de Budapeŝto, Hungario! Mi estas Stela, kaj la lingvo, kiun mi parolas, estas Esperanto. Kio estas Esperanto? Zamenhof, en la 19-a [dek-naŭa] jarcento, kreis tiun ĉi artefaritan lingvon, kiu estas mia denaska lingvo.

“Denaska” signifas, ke miaj gepatroj (ambaŭ, fakte) parolis al mi la lingvon ekde mia naskiĝo. Do mi vere povas diri, ke tiu ĉi lingvo estas parto de mia vivo. Ĝi ne estas hobio, ne estas iu eta afero, ĝi estas vere ĉiutaga uzo por mi. Do, por kio mi uzas Esperanton?

Kompreneble mi uzas ĝin por kio ajn... por kio ajn mi uzas lingvojn, ĉu ne? Mi aŭskultas muzikon, mi tre ŝatas babiladi kun miaj amikoj voĉe aŭ skribe, mi ankaŭ verkas iomete en Esperanto, mi faras podkastojn kaj organizas Esperantajn renkontiĝojn. Mi vere povas diri al vi, ke Esperanto-kulturo estas tio, kio plej enriĉigis mian vivon.

Mi tre ĝojas havi tiom da internaciaj kontaktoj dank’ al la lingvo. Kaj ankaŭ mi povas diri, ke dank’ al Esperanto kaj dank’ al tio, ke mi kreskis kun du lingvoj, lernado de aliaj lingvoj iĝis multe pli facila por mi. Mi parolas la anglan, la francan kaj la nederlandan, kaj ankoraŭ planas lerni kelkajn aliajn lingvojn.

Do, tio estas mallonge pri mi. Mi esperas, ke vi ŝatas Esperanton aŭ ke vi planas lerni, aŭ lernos, aŭ jam lernas, kaj tre interesas min scii, por kio vi uzas Esperanton!


PORTUGUÊS: Olá de Budapeste, Hungria! Meu nome é Stela e a língua que estou falando é o esperanto. O que é o esperanto? [Ludwik Lejzer] Zamenhof, no século 19, criou esta língua artificial que é minha língua materna [denaska = lit. “de nascimento”].

“Materna” significa que meus pais (ambos, de fato) me falavam na língua desde que nasci. Então, posso realmente dizer que esta língua é parte de minha vida, não é hobby, não é assunto pequeno. Ela é realmente um uso diário para mim. Então, para que uso o esperanto?

Obviamente eu o uso para qualquer coisa em que uso línguas, não é? Eu escuto música, gosto muito de conversar com meus amigos por voz ou escrita, também redijo um pouquinho em esperanto, faço podcasts e organizo encontros esperantistas. Posso realmente dizer a vocês que a cultura do Esperanto foi o que mais enriqueceu minha vida.

Fico muito alegre por ter tantos contatos internacionais graças à língua. E posso dizer também que graças ao Esperanto e graças ao fato de ter crescido com duas línguas, o aprendizado de outras línguas ficou muito mais fácil para mim. Falo inglês, francês e holandês, e planejo aprender ainda algumas outras línguas.

Bem, isto foi um pouco sobre mim. Espero que vocês gostem do esperanto ou que vocês planejem aprendê-lo, ou que o aprendam, ou já estejam aprendendo, e me interessa muito saber para que você usa o esperanto!