Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

13 de abril de 2018

Sergio Endrigo cantou em croata (1970)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/endrigo-croata


Uma raridade maravilhosa, datada do ano de 1970. Nesse ano, o cantor italiano Sergio Endrigo participou do célebre festival musical de Split, localizada na Croácia (então parte da antiga Iugoslávia), e cantou no dialeto servo-croata que seria hoje conhecido como a língua croata. Trata-se da canção Kud plovi ovaj brod (Aonde vai esse barco), com letra de Arsen Dedić (croata) e melodia de Esad Arnautalić (bósnio), cujos dialetos são muito parecidos e moldaram o texto em questão. Por ocasião daquela edição do festival de Split, Endrigo gravou um compacto cuja faixa 2 era Više te volim (Mais quero você), outra canção em croata, com letra do próprio Sergio Endrigo e melodia de Zdenko Runjić. No referido festival, foi cantada por Vice Vukov (veja um trecho neste vídeo), que ganhou a corrida com a música Zvona moga grada (Os sinos da minha cidade).

É certo que muito pouca gente no Brasil sabe que Endrigo tinha uma relação muito especial com a Croácia, gravou essas duas canções em croata e era muito amigo de Arsen Dedić. Aqui, conhecemos Endrigo mais por Canzone per te, Io che amo solo te e Ti amo, muito tocadas em novelas e eventos à italiana. Aliás, os próprios habitantes do antigo espaço da Iugoslávia, e em parte também os albaneses, em geral admiram a cultura da Itália e às vezes dominam sua língua em maior ou menor grau. O compacto gravado em croata é considerado uma homenagem às raízes de Endrigo no Império Austro-Húngaro, ao qual por séculos pertenceram a Croácia e a Eslovênia atuais. Alguns traços das letras são explicitamente croatas, como, no caso da faixa 1, i’ko, contração de itko (alguém, quem é que), uvijek (pra sempre) e ostat ću (vou ficar), e no caso da faixa 2, tko (quem), uvijek e pobjedu (vitória), todos igualmente compreensíveis a quem domina sérvio ou bósnio.

O Festival de Split, realizado desde 1960, ainda é famoso por lançar as grandes celebridades da música croata, como Radojka Šverko (n. 1948), uma cantora de voz muito grossa que também interpretou Kud plovi ovaj brod no evento, em 1970. Os arranjos foram feitos então por Stipica Kalogjera (n. 1934), conhecido compositor, arranjador, maestro e produtor croata, nascido em Belgrado. Arsen Dedić (1938-2015), cantor, compositor e poeta, tornou-se um respeitado nome da canção pop e popular desde os tempos comunistas, e sua família também se dedica à música. Esad Arnautalić (1939-2016), maestro, produtor e redator, foi um dos fundadores da chamada “escola pop-rock de Sarajevo”, alcançou fama na banda iugoslava Index e compôs pra muitos outros cantores e grupos. Nesta página em bósnio, pode-se ler a notícia sobre a morte de Arnautalić.

Veja também nesta página um pequeno trecho da atuação de Endrigo com Kud plovi ovaj brod em Split. Eu mesmo traduzi as duas canções, montei os vídeos e legendei, tendo tirado deste vídeo o áudio da faixa 1, e deste vídeo o áudio da faixa 2. A letra de Kud plovi ovaj brod, com muitas variações, pode ser achada em diversas páginas, mas eu não podia ter traduzido Više te volim se não fosse Jovana Bošnjak, minha amiga virtual bósnia de longa data. Ela transcreveu a letra completa pra mim porque não consegui achar o texto em nenhum lugar, nem no YouTube, Google ou Yandex. Embora ela tenha dito que Endrigo canta com forte sotaque, o que dificultou a tarefa, deve ter facilitado o fato do croata ser uma variante ijekavica do servo-croata, assim como é o sérvio da região de origem dela (enquanto o sérvio de Belgrado é ekavica). Sou eternamente grato à “Giovanna”, “Joana”!

Vejam ambos os vídeos duas vezes, lendo uma legenda (croata e português) de cada vez! Seguem abaixo minhas legendagens, que carreguei no canal Eslavo (YouTube), as letras em croata (alfabeto latino), nas quais refiz a pontuação e o uso de maiúsculas e que é uma raridade no caso de Više te volim, e as traduções em português:


____________________


Kud plovi ovaj brod,
Kud ljude odnosi?
I da li i’ko zna
Što more sprema?

Kud vodi ovaj put,
Kojim smo krenuli?
Od svega samo znam,
Povratka nema.

2x:
Na moru ljubavi
I na pučini sna,
U plavom beskraju
Uvijek ostat ću ja.

Kud plovi ovaj brod
Što srce odnosi?
Taj put je tako dug,
Al’ luka nema.

2x:
Na moru ljubavi
I na pučini sna,
U plavom beskraju
Uvijek ostat ću ja.

Kud plovi ovaj brod
Što srce odnosi?
Taj put je tako dug,
Al’ luka nema,
Nema...

Aonde vai esse barco,
Aonde leva as pessoas?
E quem é que sabe
O que existe no mar?

Aonde leva essa via
Pela qual rumamos?
De tudo apenas sei
Que não tem volta.

2x:
No oceano do amor
E no mar do sonho,
Na infinitude azul
Vou ficar pra sempre

Aonde vai esse barco
Que leva o coração?
Um trajeto tão longo,
Mas não tem portos.

2x:
No oceano do amor
E no mar do sonho,
Na infinitude azul
Vou ficar pra sempre

Aonde vai esse barco
Que leva o coração?
Um trajeto tão longo,
Mas não tem portos,
Não tem...


____________________


Više te volim i manje znam,
Da li si moja ili ne.
Znao sam mora kad su mirna
I kad se dižu prema nebu.
Znao sam sve do onog dana,
Kad tebe sretoh tu.

Više te volim i manje znam,
Kuda idem, kamo stižem,
Jer ti si novo more,
Bez kraja, bez dna.
Više te volim i manje znam,
Da li si moja ili ne.

Znao sam sve, što život pruža:
Pobjedu, poraz ili sumnju.
Znao sam sve do onog dana,
Kad tebe sretoh tu.

Više te volim i manje znam,
Tko sam i kako živim.
Dok slušam tvoju šutnju,
Što nemam svoj mir.
Više te volim i manje znam,
Da li si moja ili ne.

Na kraj’ ću i rob da budem,
Što će mi donijet život s tobom,
Da l’ ružu ili trnje berem,
Još sada ne znam ja.

Više te volim i manje znam,
Da li me ljubiš ili ne
I da l’ si moja ili ne,
Uvijek meni bićeš sve.

____________________


Mais quero você do que sei
Se você é minha ou não.
Sabia se os mares estão calmos
Ou quando se levantam ao céu.
Sabia tudo até aquele dia
Em que te encontrei aqui.

Mais quero você do que sei
Para onde vou, aonde chego,
Pois você é um novo mar
Sem limites, sem fundo.
Mais quero você do que sei
Se você é minha ou não.

Sabia tudo que a vida nos dá,
Vitória, derrota ou dúvida.
Sabia tudo até aquele dia
Em que te encontrei aqui.

Mais quero você do que sei
Quem sou e como vivo.
Enquanto você fica quieta,
Perco minha tranquilidade.
Mais quero você do que sei
Se você é minha ou não.

Se no final serei um escravo,
O que a vida trará com você,
Se colho rosas ou espinhos,
Ainda agora eu não sei.

Mais quero você do que sei
Se você me ama ou não
E se você é minha ou não
E pra sempre me será tudo.