Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 de dezembro de 2017

Стадион моей мечты (Olimpíada 1980)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/stadion


Um fã muito especial do meu canal no YouTube pediu com insistência que eu legendasse esta canção. No fim de agosto de 2017, quando consegui uma brecha no meu doutorado, não pensei duas vezes: traduzi a letra e baixei um vídeo adequado. A música datada de 1979 se chama “Стадион моей мечты” (Stadion moiei mechty), literalmente O estádio do(s) meu(s) sonho(s), mas que traduzi como O estádio com que sonhei. A voz é do cantor azerbaijano Muslim Magomaiev, a letra foi composta por Nikolai Dobronravov e a melodia por sua esposa, Aleksandra Pakhmutova. Eles são um casal muito famoso por comporem diversas canções ufanistas dos tempos soviéticos.

Este foi um tema dos Jogos Olímpicos de Moscou de 1980, famoso pelo mascote Misha, um simpático ursinho marrom. Em 2017, eu tinha legendado uma montagem que achei pronta no YouTube, com um trecho do vídeo do documentário soviético O sport, ty – mir! (Ó, esporte, você é paz!), lançado em 1981. O título advém de um poema de Pierre de Coubertin, fundador dos jogos modernos, chamado “Ode ao esporte” (1912), e pode ser lido em francês e alemão nesta página. Encomendado pelo Comitê Olímpico Internacional, o documentário expressa a visão oficial soviética sobre a instituição e a prática do esporte, ou seja, como um meio de promover a paz entre os povos e de aperfeiçoar a saúde corporal. Toda a trilha sonora foi produzida por Pakhmutova e lançada no LP Ptitsa schastia (O pássaro da sorte).

Vejam só como anda esse lance dos direitos autorais... Não sei quando foi isso, mas estou editando esta postagem em dezembro de 2020 porque só agora percebi que minha legendagem estava bloqueada. O motivo não foi a canção, mas as imagens, que sem explicação foram censuradas pelo dono (quem?) dos direitos autorais de O sport, ty – mir!. O vídeo sem legendas que usei está agora em modo privado no YouTube, certamente oculto também por causa da busca. A solução foi muito fácil: baixei um áudio que estava com qualidade muito melhor, peguei os textos que eu já tinha guardados e fiz uma montagem rápida bem tosca. Pelo menos, aproveitei pra fazer pequenas correções!

Como eu já informei em outra postagem, Muslim Magometovich Magomaiev (1942-2008) nasceu em Baku, capital do Azerbaijão, numa família com várias gerações de músicos e artistas, tendo o pai morrido na 2.ª Guerra Mundial. Fez estudos em conservatório musical e nos anos 60 começou a embalar sua carreira, tendo inclusive se apresentado no exterior, não sem chios da emigração anticomunista. Foi condecorado Artista Popular da URSS (1973), Artista Popular da RSS do Azerbaijão (1971) e com a Ordem da Honra (2002) pelo próprio Putin. Em 1998 encerrou voluntariamente a carreira, tendo se dedicado à pintura e a correspondências até morrer do coração.

Abaixo está o vídeo de 2017 incorporado do Google Drive: eu fiquei com dó de cortar o vídeo pra proporção 16:9, porque ia perder muita informação visual, e por isso ele está assim, bem quadradão. A letra completa em russo pode ser lida nesta página, e eu mesmo a traduzi e depois legendei o vídeo. Também seguem abaixo a legendagem de 2020, a letra em russo e a tradução (corrigida em 2020) em português:




____________________


Здравствуй, самый лучший на свете
Стадион моей мечты!
Одержимость – путь к победе,
Спорта нет без красоты.

Жажда счастья, жажда рекорда
И борьбы прекрасный миг –
Мастера большого спорта
Учат рыцарству других.

Здравствуй, стадион,
Где мечты состязаются.
Здравствуй, стадион,
Где рекорды сбываются.

2x:
Нам с тобой вручён
Этот мир солнечной радости.
Спорт отвагой рождён.
Вся страна – это наш стадион!

Звёздный миг борьбы грандиозной
Верен огненным сердцам.
Слава дерзким виртуозам,
Вдохновенным мастерам!

Гордый свет имён легендарных,
Блеск характеров стальных,
Пусть пока им нету равных –
Мы равняемся на них.

Здравствуй, стадион,
Где мечты состязаются.
Здравствуй, стадион,
Где рекорды сбываются.

2x:
Нам с тобой вручён
Этот мир солнечной радости.
Спорт отвагой рождён.
Вся страна – это наш стадион!

Здравствуй, самый лучший на свете
Стадион моей мечты!
Нас любовь ведёт к победе.
Спорта нет без красоты.

Сердцем чутким, сердцем влюблённым
Слышим гордый зов судьбы,
Зов родного стадиона,
Песню пламенной борьбы.

Нам с тобой вручён
Этот мир солнечной радости.
Спорт отвагой рождён.
Вся страна – это наш стадион!

____________________


Salve, ó, melhor do mundo,
O estádio com que sonhei!
A persistência leva à vitória,
Não há esporte sem beleza.

A sede de vitórias e recordes
E o belo momento da luta:
Os esportistas profissionais
Ensinam o fair play a todos.

Te saudamos, ó, estádio,
Onde os sonhos rivalizam.
Te saudamos, ó, estádio,
Onde se batem recordes.

2x:
A mim e você foi confiado
Esse mundo de alegria radiante.
O esporte é fruto da bravura.
O país todo é nosso estádio!

A hora estrelada da magna luta
É fiel aos corações ardentes.
Glória aos gênios audaciosos
E aos craques entusiasmados!

Luz altiva de nomes lendários,
Brilho de indivíduos férreos,
Enquanto ninguém os alcança,
Nos equiparamos a vocês!

Te saudamos, ó, estádio,
Onde os sonhos rivalizam.
Te saudamos, ó, estádio,
Onde se batem recordes.

2x:
A mim e você foi confiado
Esse mundo de alegria radiante.
O esporte é fruto da bravura.
O país todo é nosso estádio!

Salve, ó, melhor do mundo,
O estádio com que sonhei!
O amor nos conduz à vitória.
O esporte tem lá sua beleza.

De peito solícito e amoroso
Ouçamos chamar altivo o destino,
O apelo do querido estádio,
Canção de uma luta ardorosa.

A mim e você foi confiado
Esse mundo de alegria radiante.
O esporte é fruto da bravura.
O país todo é nosso estádio!


Nota (13/9/2019): O russo Roman Sinelnikov comentou no vídeo do canal que a edição n.º 6 da revista Sovetskaia zhenschina (Mulher Soviética) em português publicou em 1980 a partitura da canção com uma tradução tendo o seguinte texto (que parece ter saído do Google):

1. Olá, estádio dos meus sonhos
Entre todos o melhor
Não há desporto sem beleza
Não há torneio sem paixão
Sede de recordes e glória
É o instante magnífico
Na conquista da vitória
O mestre de desporto vi

Refrão:
Te saúdo, estádio
Onde os sonhos se realizam
Te saúdo, estádio
Onde os recordes se atingem
Mundo luminoso
Ao desporto filho da bravura
Nos damos com loucura
Nosso estádio, país inteiro

2. O instante, a luta grandiosa
A fé nos corações do fogo
Glória aos audazes, virtuosos
Desportistas inspirados
Luz orgulhosa dos nomes lendários...
Brilho de nomes milenários...
E por serem sem iguais
Nos aproximam ainda mais

(Refrão)

3. Olá, estádio dos meus sonhos
Entre todos o melhor
Não há desporto sem beleza
A vitória é paixão
Os amantes corações sensíveis
Ouvem do futuro o apelo ardente
Do estádio natal clamante
A canção vibrante!

(Refrão)



“Desejo boa sorte!”