Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Hino Nacional da Rússia


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/russia


Este é o atual Hino Nacional da Federação Russa, um dos ícones do longo mando de Vladimir Putin, adotado no final do ano 2000 após muitas polêmicas. É uma das peças mais interessantes do mundo por causa de sua história, a começar por ter a mesma melodia do antigo hino da União Soviética, uma das duas superpotências do século 20.

Em outra postagem vou ter a ocasião de contar sobre o hino soviético, mas aqui lembro apenas que este, surgido em 1943 e adotado em 1944, em plena defesa patriótica na 2.ª Guerra Mundial, teve a melodia composta pelo músico militar Aleksandr Aleksandrov e a letra escrita pelos poetas e escritores Sergei Mikhalkov e Gabriel El-Registan. Em 1970 o mesmo Mikhalkov fez algumas correções na letra, tirando menções a Stalin e à guerra, e o hino, que desde 1956 era tocado sem texto, voltou a tê-lo em 1971, com ratificação em 1977. Em 1990 a Rússia soviética, que também usava o hino da URSS como o seu próprio, trocou-o pela chamada Canção Patriótica, uma melodia que ficou sem letra até 1999. Esse fato incomodava muito atletas e outros patriotas, e mesmo assim o novo texto não caiu no gosto do povo.

Tendo substituído Boris Ieltsin na presidência da República após sua renúncia, Putin abriu a discussão oficial e social pra adoção de um novo hino nacional, e muitas melodias e letras foram analisadas, poucas deixadas pra seleção final. Perto do final do ano, enfim, foi escolhida a antiga melodia do hino soviético composta por Aleksandrov, por sugestão do próprio Putin, que lamentava o sumiço de símbolos e valores edificantes após o fim do comunismo. Após alguma discussão, as instâncias parlamentares ratificaram por ampla maioria de votos essa melodia e uma letra novamente retrabalhada por Sergei Mikhalkov, que manteve o famoso primeiro verso do refrão, “Glória à nossa Pátria livre”. O conjunto enfim foi objeto de decreto de Putin em 30 de dezembro de 2000, e os cidadãos ouviram pela primeira vez o novo hino pela televisão, na noite do Ano Novo de 2001.

Após o abandono da Canção Patriótica, ela passou a ser ironicamente conhecida pelo povo como “Canção das oligarquias” e “Canção das privatizações”, em alusão ao árduo período de pobreza e crise econômica que os russos passaram sob Ieltsin. Este, claro, na trilha de muitas críticas que começaria a fazer a seu antigo vice Putin, criticou a adoção da melodia do hino da URSS, cujos símbolos deveriam ser enterrados junto com sua tirania e opressão. Outros partidos e correntes liberais expressaram a mesma opinião, mas a população em geral aprovou, e a nova canção se tornou popular, dado que a própria melodia nunca tinha deixado de ser estimada.

Estou postando abaixo duas legendagens que fiz após traduzir o hino: uma de 2011, com imagens referentes à história, cultura e cotidiano da Rússia, e outra de 2016, apenas com a bandeira e brasões atuais, mas o texto bastante revisado e uma legenda adicional em russo, transliterando o alfabeto cirílico, pra conforto de vocês, conforme meu próprio sistema usado aqui no blog. Em 2011, provavelmente retirei o áudio do antigo site Hymn.ru, o famoso “Museu dos hinos russos”, que infelizmente está hoje fora do ar, e usei o mesmo no novo vídeo. As duas legendagens estão no meu canal O Eslavo no YouTube, e em seguida estão a letra em cirílico e a tradução:




____________________


1. Россия – священная наша держава,
Россия – любимая наша страна.
Могучая воля, великая слава –
Твоё достоянье на все времена!

Припев:
Славься, Отечество наше свободное,
Братских народов союз вековой,
Предками данная мудрость народная!
Славься, страна! Мы гордимся тобой!

2. От южных морей до полярного края
Раскинулись наши леса и поля.
Одна ты на свете! Одна ты такая –
Хранимая Богом родная земля!

(Припев)

3. Широкий простор для мечты и для жизни
Грядущие нам открывают года.
Нам силу даёт наша верность Отчизне.
Так было, так есть и так будет всегда!

(Припев)

____________________


1. A Rússia é nosso Estado sagrado,
A Rússia é nosso amado país.
Firme vontade e grande glória
São seu eterno patrimônio!

Refrão:
Glória à nossa Pátria livre,
União secular de povos irmãos,
Saber popular vindo de gerações!
Glória, país que é nosso orgulho!

2. Dos mares do sul ao extremo polar
Se abriram nossas matas e campos.
Você é única no mundo! Tão única,
Terra natal guardada por Deus!

(Refrão)

3. Uma imensidão ao sonho e à vida
Os anos futuros nos abrem.
Dedicar-nos à Pátria nos dá forças.
Assim foi, assim é e vai ser sempre!

(Refrão)