Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 de agosto de 2015

Stalin discursa no metrô (6/11/1941)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/stalin-metro


Este vídeo contém excertos de um informe do líder soviético Iosif Stalin à sessão solene do Soviete de Moscou de Deputados Trabalhadores com organizações partidárias e sociais da cidade de Moscou, ocorrida a 6 de novembro de 1941 na estação Maiakovski do metrô, em plena guerra contra a Alemanha nazista. O texto integral do informe foi publicado na edição do jornal Pravda do dia seguinte. Stalin alude às consequências da invasão alemã para o cotidiano e economia soviéticos, e ao fracasso de Hitler em tentar esmagar a URSS num prazo curto demais.

Dentro das Obras completas de Stalin, o informe completo em russo pode ser lido no tomo 15, editado em Moscou pela Pisatel em 1997, pp. 71-83. Seu título original é “Doklad na torzhestvennom zasedanii Moskovskogo Soveta deputatov trudiaschikhsia s partiinymi i obschestvennymi organizatsiami goroda Moskvy, 6 noiabria 1941 goda”. Existe também uma versão em português publicada originalmente em 1943 no livro Stalin, de Emil Ludwig (Rio de Janeiro, Calvino, 1943), mas que usei apenas a título de comparação, pois era bem insatisfatória. Eu baixei o vídeo sem legendas desta página, e apenas acrescentei a tradução.

O vídeo legendado está no meu canal O Eslavo no YouTube, e pode ser visto abaixo. Não houve nenhuma alteração ao se passar o discurso oral em russo para o texto escrito, mas desta vez estou colocando, abaixo do vídeo, o texto da legenda, pois sugiro uma comparação com a versão em russo, especialmente quem conhece esta língua, para se notar as diversas reduções, resumos e simplificações que fiz, todas necessárias para a adequação à mídia audiovisual. A título de curiosidade, coloquei também os trechos equivalentes da tradução brasileira de 1943, para se perceber não só como fui bem sucinto, sem porém perder o sentido principal, mas também como o(a) primeiro(a) tradutor(a) foi muito prolixo.


____________________


Iosif Stalin assim pronuncia, e assim se publica:

Товарищи! Прошло 24 года с тех пор, как победила у нас Октябрьская социалистическая революция и установился в нашей стране советский строй. Мы стоим теперь на пороге следующего, 25-го года существования советского строя. [...] Война значительно сократила, а в некоторых областях прекратила вовсе нашу мирную строительную работу. Она заставила перестроить всю нашу работу на военный лад. Она превратила нашу страну в единый и всеобъемлющий тыл, обслуживающий фронт, обслуживающий нашу Красную Армию, наш Военно-Морской Флот. Период мирного строительства кончился. Начался период освободительной войны с немецкими захватчиками. [...] Предпринимая нападение на нашу страну, немецко-фашистские захватчики считали, что они наверняка смогут “покончить” с Советским Союзом в полтора-два месяца и сумеют в течение этого короткого времени дойти до Урала. Нужно сказать, что немцы не скрывали этого плана “молниеносной” победы. Они, наоборот, всячески рекламировали его. Факты, однако, показали всю легкомысленность и беспочвенность “молниеносного” плана. Теперь этот сумасбродный план нужно считать окончательно провалившимся.


Tradução que fiz para transformar em legenda:

Camaradas! Há 24 anos, tendo triunfado a Revolução Socialista de Outubro, instauramos em nosso país o regime soviético. Estamos prestes a entrar nos 25 anos de sua existência. [...] A guerra afetou muito, e em certas áreas parou toda nossa edificação pacífica. Ela nos fez militarizar todo o nosso trabalho. Ela uniu o país inteiro numa só retaguarda a serviço do front, do Exército Vermelho e da Marinha de Guerra. A edificação pacífica acabou. Entramos numa guerra libertadora contra a agressão alemã. [...] Ao agredir nosso país, os fascistas alemães contavam conseguir sem erro “acabar” com a URSS em um mês e meio ou dois, e nesse curto prazo atingir os Urais. Lembremos que eles não escondiam esse plano de vitória “relâmpago”, mas alardeavam de todo jeito. E os fatos provaram que era um plano leviano e infundado. Devemos declarar agora o fracasso definitivo dessa loucura.


Tradução publicada em 1943:

Camaradas! São decorridos, vinte e quatro anos, desde a vitória da Revolução Socialista de Outubro e da implantação do sistema soviético em nosso país. Estamos agora no começo de outro ano, o 25.° da existência do sistema soviético. [...] Nossa construção pacífica reduziu-se consideravelmente e, em certos ramos, paralisou por completo. Fomos obrigados a reorganizar todo o nosso trabalho, colocando-o em pé de guerra. Nosso país transformou-se numa retaguarda unida a serviço de nosso Exército e de nossa Marinha. O período de construção pacífica chegou a seu fim. Começou o período de guerra, que visa libertar-nos da agressão alemã. [...] Ao iniciar sua ofensiva contra o nosso país, os alemães calculavam que, seguramente, poderiam “acabar” com a URSS em um mês e meio ou dois meses, conseguindo, nesse breve tempo, chegar até os Urais. É preciso notar que os alemães não faziam segredo desse plano de vitória relâmpago. Pelo contrário, proclamavam sua intenção por todos os meios. Os fatos, entretanto, encarregaram-se de demonstrar a superficialidade e a falta de base desse plano. Agora já se pode considerá-lo fracassado.



“Fim da linha, seu nazistóvski sem vergonha!”