Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 de outubro de 2016

Эшелонная (Canção sobre Voroshilov)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/echelon


Eu traduzi e legendei esta canção há muito tempo já, no final de dezembro de 2011, e até hoje deve ter sido muito pouco visualizada no meu canal O Eslavo no YouTube porque o que a torna chatinha de ouvir são tanto o chiado da gravação quanto o baixíssimo volume com que ela começa e depois termina. Em russo ela se chama “Эшелонная песня” (Eshelonnaia pesnia), ou só “Эшелонная”, que significam Canção do Echelon, também conhecida como “Песня о Ворошилове” (Pesnia o Voroshilove), Canção sobre/para Voroshilov, ou “Боевая красногвардейская” (Boievaia krasnogvardeiskaia), (Canção) de guerra dos guardas vermelhos. Foi composta em 1933 por Aleksandr Aleksandrov (melodia) e Osip Kolychev (letra), dedicada ao famoso marechal da URSS Kilment Voroshilov.

Uma das muitas canções populares lembrando a Guerra Civil Russa (1918-1920), ela trata do que é chamado em inglês railway warfare, e em russo eshelonnaia voina, isto é, a condução e provimento da guerra com amplo papel dos trens (“escalões” de trens, ou “echelons”, palavra de origem francesa) em territórios isolados e com difícil acesso a necessidades básicas. Essa estratégia, essencial no conflito russo, teve lugar em especial na Batalha de Tsaritsyn (1918), quando, segundo a historiografia soviética, Voroshilov e Stalin se tornaram amigos. Vale lembrar que Tsaritsyn, famosa cidade às margens do rio Volga, foi chamada de Stalingrado entre 1925 e 1961, e em 1962 passou a se chamar Volgogrado. A melodia, primeiramente acelerando e aumentando de volume, e depois desacelerando e diminuindo de volume, foi feita justamente para lembrar o som das locomotivas.

Kliment Iefremovich Voroshilov (1881-1969), famoso e heroico marechal soviético, atuou nas duas Guerras Mundiais, na Guerra Civil Russa ao lado dos bolcheviques, na Guerra Russo-Polonesa em 1919-21 e na Guerra de Inverno contra a Finlândia em 1939-40. Foi Comissário do Povo (Ministro) para a Defesa soviético de 1925 a 1940, teve significativo papel nos expurgos de fins dos anos 1930 e também seria Presidente do Presidium do Soviete Supremo da URSS de 1953 a 1960, sendo citado em muitas canções populares da época, entre elas a célebre “Жить стало лучше” (Zhit stalo luchshe), A vida melhorou, ponto alto da propaganda stalinista já publicado aqui. Caído em desgraça durante a era Khruschov, voltou à atividade política sob Brezhnev até morrer, tendo a famosa cidade ucraniana de Luhansk até mesmo se chamado de “Voroshilovgrad” por dois breves períodos.

Antes de escrever esta postagem, não cheguei a fazer uma revisão da tradução, mas apenas o texto apresentado acima, e por isso abaixo segue apenas a letra em russo, devendo ser lida no vídeo a letra em português. Provavelmente eu baixei o áudio no famoso site SovMusic.ru, de onde tirei várias canções nos primeiros tempos do canal. Como se pode notar, o design do vídeo corresponde bem à fuleiragem de minhas estreias, mas descontado o áudio chato, a música agrada bem por ter um caráter bem típico da cultura russa:


____________________


Эшелон за эшелоном,
Эшелон за эшелоном,
Путь-дорога широка...

Командарм велел – и точка!
Машет беленьким платочком
Дона синяя рука.
Командарм велел – и точка!
Машет беленьким платочком
Дона синяя рука.

Нас с тобою, Ворошилов,
Жизнь походная сдружила,
Вместе в бой летали вскачь.

Вспоминает враг с тоскою
Бой под Белой Калитвою,
Бой под станцией Калач!
Вспоминает враг с тоскою
Бой под Белой Калитвою,
Бой под станцией Калач!

За Царицын, за Царицын
Дни и ночи будем биться,
Пики с пиками скрестя,

И не смыть ее дождями,
На бугре и в волчьей яме –
Кровь рабочих и крестьян!
И не смыть ее дождями,
На бугре и в волчьей яме –
Кровь рабочих и крестьян!

Командарм велел – и точка!
Машет беленьким платочком
Дона синяя рука.

Эшелон за эшелоном,
Эшелон за эшелоном,
Путь-дорога широка...
Эшелон за эшелоном,
Эшелон за эшелоном,
Путь-дорога широка...



Voroshilov está no canto direito da foto. Simplões esses bolcheviques!