Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 30 de outubro de 2016

Mitterrand corrige o intérprete nos EUA


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/mitt-eua



Respeitemos os intérpretes, pois nas mais diversas e opressivas situações eles passam perrengues ao ter de traduzir oralmente na hora ou pouco depois, do modo mais fiel possível, a fala de todo tipo de pessoa, seja em formação, sotaque, importância e outras peculiaridades próprias ou sociais. Alguns confessam mesmo: as condições são tão ruins que às vezes inventam a interpretação...

Mas infelizmente isso nem sempre dá certo. O moço convidado pra exercer o trabalho na ocasião deve ter pensado que tudo correria bem por se tratar de um presidente da França, cargo cujos ocupantes raramente falam um inglês fluente, e por ser interpretação consecutiva, dando um tempo pra pensar (e certamente o velhinho não ia entender o resultado). Porém, François Mitterrand, um dos mais notáveis presidentes da República franceses, surpreendeu mais uma vez retificando uma tradução não errada, mas imprecisa.

Em 26 de março de 1984 o socialista Mitterrand continuava sua viagem oficial aos Estados Unidos e em São Francisco, Califórnia, recebeu da prefeita Dianne Feinstein a chave da cidade e a proclamação dos dias 24, 25 e 26 de março “jornadas Mitterrand”. Ele terminou seu discurso em frente à prefeitura falando uma coisa e o intérprete modificou “um pouco”, mas ele não esperava que sua imprecisão seria cutucada de forma bem-humorada!

Eu cortei apenas a parte em que há o episódio, mas o vídeo completo é uma breve reportagem televisiva francesa jogada no YouTube pelo canal Ina Politique, do Instituto Nacional do Audiovisual francês, que publica muita coisa histórica e jornalística interessante. Pra quem entende a língua, recomendo visitar bastante! Depois eu mesmo transcrevi, traduzi, legendei e postei no meu canal O Eslavo no YouTube. Antes do vídeo legendado, as falas em francês e inglês:


– J’irai le répétant... sans cesse: nous aimons le peuple américain.

– The message is simple, that we love the United States.

– United States... and... American people!