Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

30 de agosto de 2017

Гром победы, раздавайся: hino russo


Esta canção se chama “Гром победы, раздавайся!” (Grom pobedy, razdavaisia!), Ressoe, trovão da vitória!, e foi o primeiro hino nacional utilizado pelo Império Russo tsarista, de forma não oficial, de 1791 a 1816. A letra foi composta por Gavriil Derzhavin, e a melodia é de Osip Kozlovski. Ela foi composta no ritmo de uma polonaise, batida de compasso ternário muito popular na época.

A música foi composta na sequência da Guerra Russo-Turca, de 1787 a 1791, quando o império tsarista tomou inúmeras terras do Império Otomano no Cáucaso e em grande parte do que hoje é a Ucrânia, inclusive a Crimeia. Os turcos combatiam então contra o Sacro Império Romano-Germânico e os russos, dos quais se destacaram os comandantes-príncipes Aleksandr Suvorov e Grigori Potiomkin. O hino faz referência à fortaleza de Izmail (que chamei erroneamente de “Ismael”, no vídeo), simbólica pros otomanos e que foi tomada sob a liderança de Suvorov. Por isso, vários trechos soam como um canto da cristandade (ortodoxa) contra o islã, interpretação que muitos nacionalistas dão ainda hoje.

A canção foi executada pela primeira vez em 9 de maio de 1791, numa grande festa dada no Palácio de Tauride por Potiomkin pra famosa imperatriz (tsarina) Catarina 2.ª (Ekaterina Alekseievna), a Grande. Ela é de origem prussiana, mas governou a Rússia por 34 anos. Logo a peça seria usada como hino não oficial do império, mas em 1816 ele seria trocado por A oração dos russos. Embora a execução esteja em capela, a versão do vídeo abaixo foi a única versão integral que achei.

Quem canta no áudio é o Coral do Mosteiro de Valaam, um mosteiro ortodoxo russo localizado na ilha de Valaam (ou Valamo), na Carélia russa. Existem versões instrumentais, porém abreviadas, como a deste vídeo. Eu mesmo traduzi e legendei, tendo baixado o áudio desta página. No vídeo, fiz questão de utilizar a ortografia em cirílico conforme as regras pré-1918, mas a transliteração latina segue a pronúncia real. Seguem abaixo minha legendagem, postada no canal O Eslavo (YouTube), a letra em russo moderno e a tradução:


____________________


Гром победы, раздавайся!
Веселися, храбрый Росс!
Звучной славой украшайся.
Магомета ты потрёс!

Славься сим, Екатерина!
Славься, нежная к нам мать!

Воды быстрые Дуная
Уж в руках теперь у нас;
Храбрость Россов почитая,
Тавр под нами и Кавказ.

Уж не могут орды Крыма
Ныне рушить наш покой;
Гордость низится Селима,
И бледнеет он с луной.

Славься сим, Екатерина!
Славься, нежная к нам мать!

Стон Синила раздается,
Днесь в подсолнечной везде,
Зависть и вражда мятется
И терзается в себе.

Мы ликуем славы звуки,
Чтоб враги могли узреть,
Что свои готовы руки
В край вселенной мы простреть.

Славься сим, Екатерина!
Славься, нежная к нам мать!

Зри, премудрая царица!
Зри, великая жена!
Что Твой взгляд, Твоя десница
Наш закон, душа одна.

Зри на блещущи соборы,
Зри на сей прекрасный строй;
Всех сердца Тобой и взоры
Оживляются одной.

Славься сим, Екатерина!
Славься, нежная к нам мать!

____________________


Ressoe, trovão da vitória!
Alegre-se, valente Russo!
Adorne-se de sonora glória.
Você abalou Maomé!

Por isso, glória a Catarina!
Mãe carinhosa conosco!

As águas rápidas do Danúbio
Agora estão em nossas mãos;
Honrando a coragem russa,
Regemos Crimeia e Cáucaso.

Hordas da Crimeia não podem
Arruinar mais nosso sossego;
Selim 3.º perde seu orgulho
E fica pálido como a Lua.

Por isso, glória a Catarina!
Mãe carinhosa conosco!

O lamento de Ismael ressoa
Hoje pelo mundo inteiro,
Inveja e ódio se confundem
E se retalham em si mesmos.

Rejubilamos sons de glória
Para os inimigos poderem ver
Que estamos prontos a lançar
As mãos aos confins do mundo.

Por isso, glória a Catarina!
Mãe carinhosa conosco!

Olhe, sábia tsarina!
Olhe, grande mulher!
Como sua visão e manejo
São nossa lei, uma só alma.

Olhe as catedrais reluzentes,
Olhe esta linda formação;
Corações e olhos de todos
Você reanima como um só.

Por isso, glória a Catarina!
Mãe carinhosa conosco!