Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Красуй, Беларусь! (hino para Belarus)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/krasui


Esta é uma peça muito interessante, que me pediram pra traduzir já faz alguns anos. Trata-se da canção “Красуй, Беларусь!” (Krasui, Belarus!), Floresça, Belarus!, que foi proposta num concurso pra escolher o novo hino nacional de Belarus em 2002, mas acabou perdendo pro hino atual (My, belarusy) que já legendei duas vezes pro meu canal O Eslavo no YouTube. A música que apresento aqui tem letra de Leanid Pranchak e melodia de Vasil Rainchyk.

Segundo as poucas informações que constam a respeito, o hino foi composto em 30 de outubro de 1991 em Minsk, capital da Bielo-Rússia soviética, com o nome “Жыве, Беларусь!” (Zhyve, Belarus!), Viva Belarus!, ou seja, a antiga URSS estava perto de sua ruína final. Segundo um interessante relato de 2009, o conjunto “Verasy” estava dando um concerto com música eletrônica em 28 de abril de 1992, num salão filarmônico, quando no encerramento ele tocou junto com o coral dirigido por Igor Matiukhov a nova canção Zhyve, Belarus!. Ninguém sabia que ela era uma proposta pro novo hino do país (ou hino do novo país?...), mas instintivamente a plateia se levantou aos primeiros acordes e escutou a música de pé.

Já com a letra modificada (escrita em Paris em 20 de abril de 2002) e renomeado como Krasui, Belarus!, o hino concorreu na nova disputa que houve em 2002, mas ao final foi escolhido o “Мы, беларусы” (My, belarusy) que já postei no YouTube. Curiosamente, na votação por telefone em que participaram mais de 118 mil pessoas, 37.437 votaram em Krasui, Belarus!, 26.279 votaram numa canção chamada Minha querida pátria, e as variantes de U. Karyzna (o hino atual), Z. Marozau e I. Karenda sobre a melodia de 1944 feita por Nestser Sakalouski receberam respectivamente 25.636, 15.947 e 8.688 votos.

De fato, não são poucos os bielo-russos, especialmente os nacionalistas que insistem ser a língua bielo-russa o verdadeiro idioma do país (e não o russo, falado majoritariamente) e opõem-se à influência e ingerência da Rússia sobre Belarus, que veem em Krasui, Belarus! um hino edificante, inspirador, iniciador de uma sensação de orgulho pela terra onde se vive. Não por acaso, só pro conceito de “Pátria” existem três palavras que se traduzem perfeitamente por ele: “Радзіма” (Radzima), “Айчына” (Aichyna) e “Краіна” (Kraina), que aparece na expressão “Kraina-matsi” (Pátria-Mãe). Isso se não contarmos as palavras “край” (krai), que aparece em “rodny krai” (terra/torrão natal), e “Дзяржава” (Dziarzhava), mais bem traduzida como cognata do ucraniano “derzhava” (Estado) e relacionada ao russo “derzhava” (poder, potência). Outra curiosidade: o bordão “Zhyve, Belarus!” (Viva Belarus!) é condenado pelo governo de Aleksandr Lukashenko, pois se usa em geral entre seus opositores, menos simpáticos à dominância russa, e politicamente equivale mais ou menos ao ucraniano “Slava Ukraini! Heroiam slava!” (Glória à Ucrânia! Glória aos heróis!) dos maidanistas.

A primeira versão que escutei foi a que me indicaram há uns anos, sem letra e tradução escritas, mas cuja qualidade sonora está bem melhor. Eu baixei este vídeo sem legendas no canal do próprio compositor da melodia, cujo nome de usuário está em russo. Estão nesta página as informações que traduzi acima e as duas letras de 1991 e 2002. Eu mesmo traduzi o texto direto do bielo-russo e legendei, e abaixo seguem a legendagem, a letra em bielo-russo e a tradução em português:


____________________


Красуй, Беларусь! Край мой родны, край свабодны,
Жыві і слаўся, — як малітву (*) вымаўляю я.
Жыві, жыві! Красуйся ў радасці заўсёды,
Блаславенная мая дарагая зямля.
Беларусь, Беларусь, ты красуйся ў радасці заўсёды.
Слаўся, слаўся у вяках, ты — Радзіма мая!

(*) Significa “oração”, mas no vídeo cantam “прызнаньне” (confissão).


Красуй, Беларусь! Дзе б ні быў я — ты са мною.
Сваёй пяшчотай нашы сэрцы аб’яднала ты.
Жыві, жыві! Люблю цябе я ўсёй душою,
Гордых продкаў вольны край, край пакутны, святы.
Беларусь, Беларусь, я люблю цябе усёй душою,
Ты — Айчына мая назаўжды, назаўжды!

Красуй, Беларусь! Наша спадчына і слава,
Краіна-маці, ты жыві у шчасці з году ў год.
Жыві, жыві! Красуйся, родная Дзяржава.
Будзе вечна на зямлі старажытны наш род.
Беларусь, Беларусь, слаўся, наша родная Дзяржава!
Слаўся, слаўся у вяках, беларускі народ!

____________________


Floresça, Belarus! Minha terra natal, terra livre,
Viva e glorie-se: assim declaro em confissão.
Viva, viva! Floresça sempre na alegria,
Minha querida terra abençoada.
Belarus, Belarus, sempre floresça na alegria.
Glória pelos séculos, você é minha Pátria!

Floresça, Belarus! Comigo aonde quer que eu vá.
Com sua ternura, unificou nossos corações.
Viva, viva! Amo você com toda a alma,
Terra livre, penitente e sagrada de altivos ancestrais,
Belarus, Belarus, amo você com toda a alma,
Você é minha Pátria para sempre, sempre!

Floresça, Belarus! Nosso patrimônio e glória,
Pátria-Mãe, viva ano após ano na felicidade.
Viva, viva! Floresça, Estado natal.
Nossa linhagem secular será eterna na Terra.
Belarus, Belarus, glória a nosso Estado natal!
Glória pelos séculos, povo bielo-russo!