Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

De novo Leandro & Leonardo em russo


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/colecao


Eis mais uma iniciativa minha de legendar em russo vídeos ou áudios falados em português, e essa é a quarta do gênero que posto no meu canal O Eslavo no YouTube. Outra vez, escolhi uma canção do meu álbum preferido de Leandro & Leonardo, o primeiro de 1983. Talvez eu goste dele porque é bem chocante a aparente bizarrice de ter-se a música num estilo hoje considerado tão “cafona” com legendas em russo, uma língua que poucos entendem no Brasil. De fato, são mais os brasileiros que em geral visitam mesmo esses vídeos, mas se já pude fazer rir, penso que pelo menos em parte cumpri meu papel.

Minha intenção inicial quando faço essas versões (em geral, chama-se “versão” a tradução de algo em sua língua materna para outra que não é sua língua materna) é, claro, treinar ativamente a língua russa, e não apenas saber lê-la e entendê-la, e pratico na hora de traduzir o texto/canção e na hora de redigir em russo a descrição no YouTube. Mas já fico feliz se um ou outro falante de russo fora do Brasil puder ver e curtir meu vídeo, embora ocorra no mais das vezes que esse espectador seja brasileiro. Se este atiça sua curiosidade, já acho bom.

Este LP da dupla Leandro & Leonardo, o primeiro que eles gravaram (1983), intitula-se A construção, que também é o nome da primeira faixa. Ainda não inovando pra uma temática e estilo próprios, como fariam no início dos anos 90, eles se ressentem claramente da influência de outras duplas e grupos famosos então, em especial, acredito, do Trio Parada Dura. Na descrição em russo do vídeo, expliquei que Leandro e Leonardo foram muito famosos no Brasil nas décadas de 80 e 90, e que após a morte de Leandro em 1998, Leonardo prosseguiu exitosa carreira na música romântica.

O tema da música é muito recorrente em todas as culturas, ou seja, a divisão de seus sentimentos entre dois amantes diferentes, o que ocorre com homens e com mulheres. A canção em português se chama Não sou homem de coleção, e como a maioria das outras faixas desse disco, foi composta por Sandoval Arantes, também conhecido como “Ligeirinho”. A ideia da “coleção” remete à suposta vontade da mulher de ter mais de um (ou quem sabe dois?...) namorado, mas o personagem quer ser apenas o único, não quer ser apenas “mais um”, como numa “coleção” de qualquer objeto. Para o significado “de coleção” ou “relativo a coleção”, a língua russa tem um adjetivo próprio: “коллекционный” (kollektsionny), mas também se pode dizer “для коллекции” (dlia kollektsii), “para/destinado a coleção” literalmente, ou seja, como nossa locução “de coleção”.

Destaquei ainda que, como era comum naquele tempo para a música sertaneja, a canção tem uma forte influência de outros ritmos sul-americanos, notadamente da Argentina e Paraguai. Neste caso específico, acredito que se possa qualificar o estilo de chamamé. Pra montar este vídeo, usei o áudio e uma figura que devia ser o encarte do disco, legendando em cirílico com o programa Windows Movie Maker. Eu tirei a letra em português desta página, e baixei o áudio sem legendas a partir deste vídeo. Eu mesmo verti a letra pro russo e fiz a montagem com legendas, tendo então postado no meu canal. Traduções e versões nem sempre são estritamente literais, seja por falta de espaço pra legendar, seja porque a ideia (às vezes somente aproximada) na língua de chegada deve ser expressa com outras palavras. Mas sempre que possível, o sentido geral, o impacto que o autor buscou inicialmente provocar, mantêm-se os mesmos, e acredito que cumpri aqui esse objetivo. Seguem abaixo a legendagem, a letra em português e a versão em russo:


____________________


É difícil, eu bem sei
Mas vou ter que te deixar
Simplesmente porque, mulher
Você não sabe amar

O seu beijo me esquenta
Mas você nunca contenta
Em só comigo ficar

Você prefere ter dois amantes
Vive dizendo a todo instante
Que tem dois no coração

Sendo assim, viva (do) seu jeito
Dividir amor eu não aceito
Pois não sou homem de coleção

Você prefere ter dois amantes
Vive dizendo a todo instante
Que tem dois no coração

Sendo assim, viva (do) seu jeito
Dividir amor eu não aceito
Pois não sou homem de coleção

____________________


Это трундо, я хорошо знаю,
Но я должен бросить тебя,
Просто потому что, женщина,
Ты не умеешь любить.

Меня греют твои поцелуи,
Но тебе никогда довольно
Оставаться только со мной.

Тебе угодней двое любимых,
Ты всё время говоришь, что
Двое живут в твоём сердце.

Если так, живи по-своему,
Не хочу разделять любовь,
Я не коллекционный мужчина.

Тебе угодней двое любимых,
Ты всё время говоришь, что
Двое живут в твоём сердце.

Если так, живи по-своему,
Не хочу разделять любовь,
Я не коллекционный мужчина.