Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

15 de fevereiro de 2017

Ensinando idioma guarani para russos


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/avanee


Uns dias atrás eu quis fazer algo incomum no YouTube. Deu trabalho, mas acho que o resultado foi legal. Há algum tempo, pesquisando chamamés cantados em guarani, achei um vídeo em que dois irmãos do Mato Grosso do Sul que formam dupla sertaneja cantam música com frases em guarani traduzidas por português. No vídeo, há inclusive a legenda com as frases nas duas línguas, facilitando bem o trabalho de entendimento. Ora, pensei, eu comecei há pouco a estudar um pouco de guarani como autodidata, e por que não ponho uma legenda, trocando a parte em português pela língua russa?

Ocorreu que aprendi ainda mais tanto russo quanto guarani. Fiz a tradução da parte em português pro russo, embora de forma não literal, mas sucinta, pra poder caber nas legendas e passar rapidamente a ideia básica; e, o que deu um pouco mais de trabalho, corrigi a ortografia da parte em guarani, porque ela não estava conforme as normas hoje amplamente aceitas no Paraguai, mas misturava peculiaridades do português com formas ortográficas antigas, hoje caídas em desuso no guarani. Apesar do vídeo ainda não ter “bombado”, fiz uma peça que buscou de alguma forma introduzir os falantes de russo à língua indígena guarani, amplamente usada, segundo a descrição que escrevi em russo, no coração da América Latina, sobretudo Paraguai, norte da Argentina e oeste do Brasil. Em russo, o nome da língua se escreve “гуарани”, chamada pelos próprios falantes de avañe’ẽ, literalmente “língua de gente”.

Repito aqui algumas informações que dei em russo. O guarani pertence ao ramo linguístico tupi-guarani, incluído na ampla família tupi de línguas indígenas da América do Sul. Desde que, como ocorreu com outras línguas locais, os missionários ibéricos sistematizaram o guarani nos séculos 16 e 17 pra catequizar melhor os indígenas, ele mudou muito, adotando o alfabeto latino (que é chamado achegety) e hoje se tornando uma das línguas oficiais do Paraguai, junto do espanhol. Além de todo o território do Paraguai, o guarani se espalha por parte da Bolívia, províncias do norte da Argentina (Corrientes, Formosa e Misiones) e sul do Mato Grosso do Sul, e segundo dados estatísticos de 2012, há cerca de 8 milhões de falantes. Há diversos dialetos, sendo o principal deles o chamado “guarani paraguaio” ou “guarani moderno”, no qual se imprimem livros, revistas, jornais, dicionários e manuais, redigem-se websites e compõe-se rica cultura musical e poética. No YouTube, apontei que alguns sons até existem no russo, nomeadamente os grafados com as letras CH (“щ” em russo, que é um CH nosso, mas brando, palatal) e Y (“ы” em russo, um “i” bem gutural, quase feito como um “ê”), mas que as vogais nasais, por exemplo, são algo difícil pra europeus em geral.

Os senhores do vídeo são os irmãos Zenóbio e Imar (o que compôs a canção) Lopes Pecois, nascidos na cidade de Bela Vista - MS e cuja carreira começou em 1965, com seus primeiros shows públicos. No fim dessa década, gravaram seus primeiros discos, e com o nome de dupla “Os Filhos de Mato Grosso”, difundiram o sertanejo com o estilo de seu estado natal e incluíram em seu repertório muitas músicas em guarani ou com expressões dele. O vídeo com as legendas originais (em português e guarani, estilo Windows Movie Maker) foi gravado na rádio 104 FM de Campo Grande em 2013, e a música se chama Ensinando guarani (traduzi em russo como “Учение гуарани”, Uchenie guarani). Os irmãos Pecois apresentam a canção em português, depois cantam as frases cotidianas em guarani e traduzem pro português, mas no vídeo original as legendas dão as frases indígenas numa ortografia não toda correspondente ao que estabelece hoje a Academia de la Lengua Guaraní (por exemplo, usam JH no lugar do H, Y no lugar do J, omitem várias paradas glotais, que devem ser indicadas com um apóstrofo, confundem-se na acentuação gráfica e quase sempre escrevem C onde devia ser K).

Por isso, após alguma pesquisa virtual e bibliográfica, e como eu mesmo estou aprendendo guarani sozinho aos poucos, porque gosto muito da música paraguaia e queria começar a traduzi-la e legendá-la um pouco, corrigi o texto em guarani conforme as normas atuais e ainda traduzi eu mesmo o texto português pro russo. Também fiz e inseri as legendas no meu vídeo, tendo postado o resultado no meu canal O Eslavo no YouTube, mas você também pode ver as legendas iniciais acessando o vídeo original que indiquei acima. O guarani, ao contrário de outras línguas indígenas brasileiras bem menores, não é falado por tribos isoladas, mas é um verdadeiro instrumento de cultura e componente identitário da esmagadora maioria da população paraguaia. Nesta página, pode-se ler um pouco mais sobre a trajetória de Imar e Zenóbio Pecois, Os Filhos de Mato Grosso. Seguem abaixo a legendagem, a letra com as explicações em português (que também tive de corrigir por vezes...) e a letra com as explicações em russo:


____________________


Refrão:
Se você quer aprender o guarani
Preste muita atenção
Foi pensando em você
Que eu escrevi esta canção
Eu não vou falar de amor
Muito menos de paixão
Vou cantar algumas frases
E fazer a tradução
Vou cantar algumas frases
E fazer a tradução

1. EJUMI KO’ÁPE, venha aqui
JAHA JAGUATA, vamos passear
JAHA JAKE, vamos dormir
JAHA JEGUSTA, vamos namorar
onça-pintada, JAGUARETE
cachorro magro, JAGUA PIRU
menina moça, KUÑATAĨ
e mulher galinha, KUÑA RYGUASU

EGUERU LA KÁÑA, traz a cachaça
CHE AMOKÕSE, eu quero beber
vou cair na farra, CHE AFARREA
a noite inteira, PYHARE JAVE
acabou o dinheiro, OPAMA LA PLÁTA
está tudo bem, IPORÃMBAITE
CHE AMBA’APÓTA, eu vou trabalhar
NDA CHERESARÁI, não vou te esquecer

(Refrão)

2. morena faceira, KAMBA JUKY
mulher bonita, KUÑA PORÃ
meu cunhado, CHE ROVAJA
AIPOTA NDE REINDY, quero a tua irmã
borboleta azul, PANAMBI HOVY
e o gato é MBARAKAJA
aranha pequena é ÑANDU’I
e veado gordo, GUASU KYRA

pererequinha é JU’I MICHĨ
sapo grande, KURURU GUASU
RO AÑUÃSE, quero te abraçar
beijar tua boca, AHETŨ NDE JURU
CHE JAHÁTA, eu já me vou
não vem com mentira, ANI NDE JAPU
ANI NE RASẼ, não precisa chorar
eu te amo, CHE ROHAYHU

____________________


Припев:
Вы хотите учить гуарани?
Тогда обратите внимание
Я думал точно о вас
Когда слагал эту песню
Не буду петь о любви
Ещё меньше о нежности
Я спою несколько выражений
И переведу их буквально
Я спою несколько выражений
И переведу их буквально

1. EJUMI KO’ÁPE, иди сюда
JAHA JAGUATA, давай гулять
JAHA JAKE, давай спать
JAHA JEGUSTA, давай флиртовать (*)
ягуар, JAGUARETE
тонкая собака, JAGUA PIRU
девушка, KUÑATAĨ
а шалунья (**), KUÑA RYGUASU

(*) Literalmente, “flertar”, “paquerar”.
(**) Literalmente, “sirigaita”, “namoradeira”.

EGUERU LA KÁÑA, принеси водку (*)
CHE AMOKÕSE, я хочу пить
я буду кутить, CHE AFARREA
всю ночь, PYHARE JAVE
деньги кончились, OPAMA LA PLÁTA
всё хорошо, IPORÃMBAITE
CHE AMBA’APÓTA, я буду работать
NDA CHERESARÁI, не забуду тебя

(*) Literalmente, “vodca” (“cachaça” se diz “vodca de cana”).

(Припев)

2. изящная смуглянка, KAMBA JUKY
красивая женщина, KUÑA PORÃ
мой шурин, CHE ROVAJA
AIPOTA NDE REINDY, хочу твою сестру
синяя бабочка, PANAMBI HOVY
а кот, MBARAKAJA
маленький паук, ÑANDU’I
а толстый олень, GUASU KYRA

маленькая лягушка (*), JU’I MICHĨ
большая жаба, KURURU GUASU
RO AÑUÃSE, хочу обнимать тебя
целовать твои губы (**), AHETŨ NDE JURU
CHE JAHÁTA, я ухожу
не будь лгуном (***), ANI NDE JAPU
ANI NE RASẼ, не стоит плакать
я люблю тебя, CHE ROHAYHU

(*) Literalmente, “rãzinha” (“perereca” se diz “rã que vive em árvore”).
(**) Literalmente, “lábios”.
(***) Literalmente, “não seja mentiroso”.