Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

17 de julho de 2016

Армия моя (Exército Soviético meu)


Link curto para esta postagem: fishuk.cc/armia


Mais uma canção militar soviética em ritmo de marcha, com montagem de cenas do cotidiano bélico na antiga União Soviética. Ela se chama “Армия моя” (Armia moia), Exército meu, e foi composta em 1970 por Rafael Moritsovich Plaksin (letra) e Aleksandr Aleksandrovich Abramov (melodia), dois músicos talentosos. O áudio é de uma apresentação remasterizada do Coral Aleksandrov (o famoso Coral do Exército Vermelho), provavelmente da mesma época.

Para quem conhece propaganda comunista, a música e as imagens se parecem muito com o que ainda se produz na Coreia do Norte, com suas marchas retumbantes e suas personagens heroicas. Talvez possamos dizer que aí está a fonte de inspiração da família Kim. O serviço militar e a linguagem de guerra são partes essenciais da filosofia bolchevique e não podem ser reduzidos a mera reação anticapitalista: o regime soviético nasceu de uma guerra, a Primeira Guerra Mundial, e se temperou na Guerra Civil Russa de 1918-20 e na Segunda Guerra Mundial, forjando a superpotência que conhecemos até 1991. Os governantes do país sempre pensavam estar na iminência de uma intervenção anticomunista para destruí-los, temor que condicionou tudo na URSS, os costumes, a propaganda, o Estado, a tecnologia e as prioridades econômicas.

Esta bela montagem foi postada sem legendas no fim de abril por um russo no YouTube e reúne genialmente excertos de propaganda soviética hoje reexibida por alguns canais na Rússia. A letra em russo pode ser lida, e o áudio pode ser baixado nesta página, mas ela também segue abaixo, junto com a tradução e depois da legendagem que postei no meu canal O Eslavo. O texto que aparece escrito foi resumido na hora de constituir as legendas:


____________________


1. Если на Отчизну нагрянет беда,
Позовёт солдата труба.
Армия моя, ты на страже всегда!
Ты – моя любовь и судьба!

Припев:
Обыкновенная, судьба нелёгкая военная,
Любовь суровая, но верная,
Готовы мы на ратный труд.
Мы все испытаны не раз, не два боями-маршами.
Мы от солдата и до маршала –
Одна семья, одна семья!

2. Наш Октябрь с нами в походном строю!
С нами песни красных бойцов,
Первый день войны, и победный салют,
И судьба погибших отцов...

(Припев)

3. Мчатся наши годы, но ты молода,
И поёт как прежде труба.
Армия моя, ты на страже всегда!
Ты – моя любовь и судьба!

(Припев)

____________________


1. Se a desgraça surpreeender a Pátria,
O clarim vai chamar o soldado.
Exército meu, sempre em guarda,
Você é meu amor e destino!

Refrão:
Corriqueira e difícil sina militar,
Amor severo, mas seguro,
Nós, prontos ao labor guerreiro.
Provados por mais de um, dois combates e marchas,
Do soldado ao marechal,
Somos todos uma só família!

2. Conosco, Outubro formando marcha!
E as canções dos combatentes vermelhos,
E o raiar da guerra, e o ressoar da vitória,
E o destino dos pais tombados...

(Refrão)

3. Ficamos velhos, e você sempre jovem,
E o clarim canta como antes.
Exército meu, sempre em guarda,
Você é meu amor e destino!

(Refrão)