15 de dezembro de 2021

Viva Belarus (hino de belarussos livres)


Link curto pra esta postagem: fishuk.cc/zhyve


Neste canal cultural (o vídeo está privado) foi postada uma canção muito interessante, chamada “Жыве Беларусь: гімна свабодных беларусаў”, literalmente Viva Belarus: o hino dos belarussos livres. Por quase um ano, desde julho de 2020, a população de Belarus (Bielo-Rússia até 1991), antiga república da URSS encravada entre a Rússia, a Polônia e a Ucrânia, realizou manifestações contra mais uma reeleição, claramente fraudada, do presidente Aleksandr Lukashenko. Ele está no poder desde 1994, foi o único deputado local a votar contra a independência da União Soviética e evitou políticas de “choque de mercado” e liberalização econômica que causaram, ao menos de início, problemas aos países saídos do comunismo.

Várias dessas nações, porém, prosperaram, enquanto Belarus sofreu aos poucos o desgaste da intervenção estatal e do autoritarismo político de Lukashenko, que eliminou quase toda a oposição, boa parte dela exilada na Europa Ocidental ou na América. Lukashenko é um aliado fiel e incondicional da Rússia, sobretudo do governo de Vladimir Putin. Além disso, há um conflito cultural concernente à língua: enquanto boa parte da população usa o russo (língua dominante no espaço público) dentro da família, outros criticam que durante a era soviética o uso do belarusso foi desencorajado, e que mesmo depois seu uso não foi estimulado. A bandeira histórica que você vê no vídeo foi adotada por Belarus logo após a independência, mas Lukashenko restaurou a da RSS da Bielo-Rússia, sem os símbolos comunistas.

O belarusso (chamado de “russo branco” no passado, sem relação com o Exército Branco da guerra civil de 1918-20) é uma língua eslava oriental, irmã do russo e do ucraniano, com algumas pitadas de polonês, e por isso pra mim não foi difícil traduzir o poema do original. Não sei o quanto essa música é difundida em Belarus, mas essa ressurgência cultural não é unânime entre a população. No início do vídeo pode-se ler: “Pelo bem de todos os que não se calam. Pelo bem dos que deram a vida. Pelo bem da Nova Belarus.” No canal há também esta mensagem: “Гэты цяжкі час пройдзе. І наступіць іншы: свабодны, светлы, справядлівы. Мы ўвойдзем у яго з гімнам нашай барацьбы. Жыве Беларусь!” (Este tempo difícil vai passar. E vai começar outro: livre, luminoso, justo. Vamos entrar nele com o hino de nosso combate. Viva Belarus!)

No canal do Telegram da iniciativa cultural pode-se baixar o MP3. Aparecem também os seguintes créditos na descrição original:
– Letra: Vadzim Kalatsei, Uladzislau Kalatsei e Pavel Kalatsei
– Melodia: Pavel Kalatsei e Illiá Kalatsei
– Vozes: Ievan’helina Kalatsei, Pilip Dzmitruk, Bahdan Haraieu, Pavel Kalatsei, Illiá Kalatsei e Vol’ha Kalatsei
– Vídeo: Vadzim Kalatsei

Nota: Se porventura aparecer a forma “bielo-russo/a/s” ao invés de “belarusso/a/s” no vídeo, é porque na época eu não sabia que em português o substantivo pátrio e o adjetivo também deveriam seguir a mesma mudança estabelecida pro nome do país. Como não consegui mudar as partes correspondentes no vídeo, portanto me desculpem!



Свабодны мы народ,
У якога годнасць ёсць.
Шануем мы сваю зямлю
І сэрцаў прыгажосць.
Так праўды прагнем мы
І душаў чысціні.
Адзін за аднаго
І з Богам
Разам мы.

Жыве Беларусь!
Жыве Беларусь!
Адзіны дом.
Свабоды шлях.
Яна
У глыбінях сэрцаў
І ў вяках.
Жыве Беларусь!

Мы ўсё перамаглі:
Навалы, боль і страх.
Крывёю змагароў паліты
Наш свабоды сцяг.
Будуем мірны лёс
Мы на сваёй зямлі.
Адзін за аднаго
І з Богам
Разам мы.

Жыве Беларусь!
Жыве Беларусь!
Спявае гімн свабодная зямля
З агнём ў сэрцы і вачах.
Жыве Беларусь!

____________________

Somos um povo livre
Que tem dignidade.
Respeitamos nossa terra
E a beleza dos corações.
Assim, ansiamos pela verdade
E pela pureza das almas.
Uns pelos outros
E junto com Deus
Seguimos unidos.

Viva Belarus!
Viva Belarus!
Um lar unificado.
Um caminho de liberdade.
Ela
No fundo dos corações
E através dos séculos.
Viva Belarus!

Nós passamos por tudo:
Desastres, dor e medo.
Regada com sangue de lutadores
Está nossa bandeira de liberdade.
Estamos criando um rumo pacífico
Nós em nossa terra.
Uns pelos outros
E junto com Deus
Seguimos unidos.

Viva Belarus!
Viva Belarus!
A terra livre entoa um hino
Com fogo no coração e olhos.
Viva Belarus!